Nacional de Direito

A moralidade pública consiste em uma esfera de que todos os 3201

A moralidade pública  consiste em uma esfera de que todos os seres humanos participam, na medida em que cada sistema moral, a fim de revelar sua unilateralidade, precisa ser

confrontado com outros. Segue-se a necessidade de que todos os seres

humanos sejam incluídos no seu âmbito. Sob esse aspecto, a moral pública

é uma moral cosmopolita, pois estabelece regras de convivência e

direitos que asseguram que os

homens possam ser morais. É nesse sentido que os direitos do homem, tais

como em geral têm sido enunciados a partir do século XVIII, estipulam

condições mínimas do exercício da moralidade. Por certo, cada um não

deixará de aferrar-se à sua moral; deve, entretanto, aprender a conviver com outras, reconhecer a unilateralidade de seu ponto de vista. E com isso obedece à sua própria moral

de uma maneira especialíssima, tomando os impeditivos categóricos dela

como um momento particular do exercício humano de julgar moralmente.José Arthur Gianotti. Moralidade pública e moralidade privada. In: Ética,

Adauto Novaes (org.). São Paulo: Companhia das Letras, Secretaria

Municipal de Cultura, 5.ª impressão, 1997, p. 244 (comadaptações).Em relação ao texto acima, julgue os itens que se seguem.Pelas relações gramaticais e semânticas do texto, é correto afirmar que a presença da preposição "de" nas duas ocorrências do termo "de que" é exigida, respectivamente, pela regência das palavras "esfera" e "necessidade".

Questão no QuestionsOf: A moralidade pública consiste em uma esfera de que todos os 3201

Questões similares